Financast

Financast #003 – Entendendo a Inflação

Olá,

Seja bem vindo ao episódio de número 3 do Financast.

No programa de hoje você vai conhecer a inflação, assim como a sua causa e os seus efeitos. Você também vai aprender como medir a inflação e como se faz para combatê-la.

Músicas utilizadas no episódio:

Comentadores citados no episódio:

  • Malforea;
  • Thiago Carneiro;
  • Cássio Sironi;

Interaja conosco nas redes sociais:

Entre em contato comigo:

Gostou do episódio de hoje? Então não deixe de comentar aqui em baixo. Se preferir, você pode me enviar o seu feedback por e-mail ( financast@gmail.com ) ou preenchendo o nosso formulário de Contato.

O seu feedback é muito importante para mim pois, com ele, eu poderei saber se o programa está cumprindo o seu objetivo, que é trazer para você, de forma descomplicada e descontraída, conhecimento sobre o mundo das finanças, da economia, dos investimentos e do empreendedorismo.

Se você gostou deste programa, compartilhe com outras pessoas. Aproveite para avaliar o Financast na iTunes Store.

Quer saber mais sobre Podcasts e como você pode contribuir para que esta mídia cresça? Então confira a nossa página institucional clicando aqui.

Um grande abraço e até a próxima.

  • Ótimo episódio! Bem interessante conhecer mais sobre os motivos da inflação. Tenho uma dúvida (não sei se já foi explicada nos episódios): é verdade que a taxa Selic “acompanha” a inflação, e por isso, é melhor investir em Tesouro Direto, pois deixar dinheiro na poupança, dependendo da inflação no ano, pode-se “perder” dinheiro (caso o juros da poupança seja menor que a inflação)?
    Estou fazendo a maratona aos poucos. Logo alcanço o episódio atual 😉
    Parabéns pelo excelente trabalho.

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

    • Financast

      Opa Eduardo. Obrigado pelos elogios. Na verdade a Selic não acompanha a inflação. A selic no caso, pode ser entendida como um instrumento de combate à inflação (está melhor explicado no ep 006..rs). O seu objetivo ao aplicar o seu dinheiro deve ser “o retorno que terei será superior à inflação”. Quando a inflação estava muito elevada, deixar o dinheiro na poupança ou em qualquer aplicação com retorno inferior a inflação, resultava em perda no poder de compra 😉

  • Olá, sou Fábio, host do Pow de Cast e idealizador do Agregador Ouvindo Podcast.
    Parabéns pelo podcast, sua explanação foi muito fácil de ser entendida e os exemplos dados foram excelentes e me deram uma visão mais ampla sobre o assunto!
    Gostei muito da dica do consumo consciente!

    Ótimo podcast, continue o trabalho, feed assinado e vou continuar acompanhando.

    PS.: Segue seu link na nossa plataforma:
    http://ouvindopodcast.com.br/canal/338/financast

    • Financast

      Muito obrigado pelo feedback Fábio. Fico muito feliz que tenha gostado. Muito bacana que tenha um podcast também. Prometo que vou ouvir para conhecer. Grande abraço.

  • Alexandre Nascimento E Silva

    Bem didática sua explanação, lembrando que há também a inflação inercial, vinculada aos preços controlados, correção monetária e a regulamentacões como o dissídio trabalhista.

    • Financast

      Muito obrigado pelo seu feedback Alexandre. Excelente complemento este seu. Grande abraço.